Sócia da Timmermans Advogados, Dra Frederica Richter, é indicada para assumir a representação regional da ABPI – Associação Brasileira de Propriedade Intelectual, no biênio 2022/2023

Fundada em 1956, a  ABPI (Associação Brasileira da Propriedade Intelectual) é uma entidade sem fins lucrativos que difunde o conhecimento e discute a importância da Propriedade Intelectual no Brasil e no mundo. Atuando como guardiã da propriedade intelectual, com credibilidade e reputação, a ABPI é uma entidade na vanguarda de debates acadêmicos e jurídicos sobre o tema.

Reunida virtualmente em Assembleia Geral Ordinária (AGO), no dia 21 de setembro, a ABPI elegeu por unanimidade os membros do Comitê Executivo para o biênio 2022/2023 a chapa encabeçada pelo presidente, Gabriel Francisco Leonardos.

A nova diretoria que toma posse em janeiro será a seguinte:

Presidente: Gabriel Francisco Leonardos

1º vice-presidente: Peter Eduardo Siemsen

2º vice-presidente: Tatiana Campello Lopes

Diretor-Relator: Rodrigo Affonso de Ouro Preto Santos

Diretora-Secretária: Maria Inez de Araújo Abreu

Diretora-Tesoureira: Antonella Carminatti

Diretora-Editora: Laetitia Maria Alice Pablo d’Hanens

Diretor-Procurador: Paulo Parente Marques Mendes

A advogada Frederica Richter, sócia cofundadora da Timmermans Advogados, foi indicada para assumir a representação regional da ABPI do Estado de Santa Catarina. “Em 65 de anos de existência, é a primeira vez que a ABPI terá uma representação em Santa Catarina, e mais, através de uma mulher, demonstrando preocupação em manter a equidade de gênero da chapa eleita”, acrescenta Dra Frederica.

A ABPI representa no Brasil, como grupo nacional, a AIPPI – Association Internationale pour la Protecion de la Proprieté Intellectuelle, a principal entidade mundial de consulta para estudo e promoção da Propriedade intelectual. Também atua como parceira da LIDC – Liga Internationale Du Droit de la Concurrence e do Global IP Network, que congrega as associações nacionais de PI das principais economias.

Entre suas várias atividades, a ABPI mobiliza grupos de trabalho para analisar sob múltiplas vertentes temas específicos, para elaboração de recomendações e pareceres, inclusive para a atuação como amicus curiae para prover subsídios científicos e jurídicos relevantes interesse de toda a comunidade, sempre de modo imparcial e apartidário.

Para saber mais acesse ABPI – Associação Brasileira da Propriedade Intelectual

Deixe uma resposta